Ação

CRP 21 emite nota de repúdio contra violência sofrida por árbitra

O Conselho Regional de Psicologia do Piauí luta contra qualquer tipo de violência

CRP 21 emite nota de repúdio contra violência sofrida por árbitra

O Conselho Regional de Psicologia da 21ª região (CRP-PI), por meio da Comissão de Direitos Humanos e da Comissão de Psicologia do Esporte, repudia veementemente a agressão sofrida pela árbitra Eliete Fontenele, que foi covardemente atacada por um estudante durante uma partida de futsal, na noite da última segunda-feira (3), na Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), na cidade de Parnaíba.
Em um país com a quinta maior taxa de assassinatos de mulheres do mundo, de acordo com o Mapa da Violência de 2015, é preciso discutir a questão da violência de gênero e do feminicídio. Assim, todo e qualquer tipo de agressão contra a mulher deve ser denunciada e apurada com rigor.
Por ser uma categoria de mulheres, cerca de 90%, a Psicologia tem o desafio e a missão de possibilitar o enfrentamento da violência de gênero nos contextos em que atua, seja na assistência, na saúde, nas escolas, nas empresas e na clínica.
Pensando nisso, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) assinaram no final do ano passado um protocolo de intenções para viabilizar o atendimento integral e multidisciplinar às mulheres vítimas de violência.  Tal protocolo se estende aos Conselhos regionais, como é o caso do CRP Piauí. 
Por fim, o Conselho Regional de Psicologia da 21ª região reitera que não aceitará nenhum tipo de violência contra a mulher, e continuará lutando contra as opressões de gênero e violações sofridas diariamente. A psicologia piauiense continuará contribuindo no enfrentamento às desigualdades e violência que incidem sobre as mulheres.  #cartãovermelhocontraaviolência


Comentários (0)


 
 

Conselho Regional de Psicologia 21ª Região - Piauí

Endereço Web: http://crp21.org.br/noticia/220/crp-21-emite-nota-de-repudio-contra-violencia-sofrida-por-arbitra